O que é pH e por que ele é importante?

A importância de beber Água Mineral Alcalina

O que é pH e por que ele é importante?

Há muito tempo fala-se a respeito do sódio na água, mas, muita vezes, esquecemo-nos de falar algo que é muito importante: o pH da água. Por isso vamos tratar sobre o que é pH da água mineral e porque ele é importante.

Nenhuma doença subsiste a uma corrente sanguínea alcalina. Essa afirmação é um fato incontestável. Está mais do que provado pela ciência, e inúmeras pesquisas já se aprofundaram nesse assunto, muito relevante para a manutenção e reconquista da saúde. É essencial para o nosso corpo manter um pH no sangue entre 7,35 e 7,45 para estarmos saudáveis.

PH da água mineral e por que ele é importante?

A definição mais simples que ouvi foi do Dr. José Irineu Golbspan, médico nutrólogo com atuação em Porto Alegre (RS). O corpo humano é uma grande máquina que precisa produzir energia para funcionar, ou seja, precisa consumir elétrons. Quando consumimos elétrons, sobram os prótons nas células. O próton mais simples é o H+. No pH, mede-se a quantidade de prótons (íons H+). Quanto mais prótons temos, menor é o pH e mais ácido o meio. Quando nosso corpo gasta energia, nós consumimos elétrons, temos excesso de prótons e o nosso organismo acidifica.

A questão é como mantemos essa corrente sanguínea alcalina.

Há fatores ou variáveis muito poderosos que induzem o insucesso de se manter os nossos sistemas orgânicos alcalinos ou conseguir o triunfo total numa terapia alcalina.
Exemplo são as pesquisas que tentam afirmar que leite de vaca é bom para os ossos, porque tem cálcio, induzindo milhares de pessoas a problemas sérios de saúde ao longo do tempo. Nada mais verdadeiro afirmar que a acidez torna os ossos quebradiços. O leite, além de outros aspectos negativos, é ácido.

Vejamos o caso da água, que é um elemento fundamental da vida. Podemos viver sem comer durante 15 dias, mas não podemos viver sem água. Água é bom, mas nem toda água é boa. Água boa é alcalina, e a água Mineral Canção Nova dispõe dessa qualidade com seu pH, em média 7,64, que ajuda a manter o organismo alcalino em condições ideais.
Água alcalina é a água que ajudará os seus sistemas fluídicos corporais a eliminar toxinas.
O pH da água influencia na desintoxicação de nosso corpo, além de harmonizar a bioeletricidade celular.

No rótulo de qualquer água mineral, observe a seguinte informação: pH a 25º C (temperatura ambiente). Se o pH for igual ou maior do que 7, essa água é alcalina. Abaixo de 6, a água é ácida.

Causa primária do câncer, em 1931, Otto Heinrich Warburg (1883-1970) recebeu o Prêmio Nobel por sua tese: “A causa primária e a prevenção do câncer”. Segundo esse cientista, o câncer é a consequência da alimentação e do estilo de vida. Uma alimentação baseada em alimentos acidificantes, associada ao sedentarismo, cria, em nosso organismo, um ambiente de acidez; e a acidez expulsa o oxigênio das células. Ele afirmou: “A falta de oxigênio e a acidez são as duas caras de uma mesma moeda: quando você tem um tem outro”.

Um ambiente ácido é um ambiente sem oxigênio. As substâncias ácidas repelem oxigênio; as substâncias alcalinas atraem oxigênio. Segundo Otto, “privar uma célula de 35% de seu oxigênio, por 48 horas, pode convertê-la em cancerígena”.
Hábitos alimentares influenciam tudo que comemos ou ingerimos, criando uma condição ácida ou alcalina em nosso corpo. Reeducamos nossa alimentação, mas, muitas vezes, esquecemo-nos da água que bebemos, sem darmos a ela a devida importância no contexto geral da nossa alimentação.

Marcelo de Oliveira Alves Ferreira
Encarregado de Processo – Técnico Químico
Água Mineral Canção Nova

Fontes:
Hugo Hoffmann – A importância do controle do pH do corpo na prevenção de doenças

↑ topo