Mineradora Canção Nova dedica capela a São Bento

Padre Bruno Costa abençoa capela dedicada a um dos santos intercessores da Comunidade Canção Nova

Por Alessandra Borges

A Mineradora Canção Nova, localizada na cidade Cachoeira Paulista (SP), criada em 2013, realizou, nesta semana, uma Missa para abençoar a capela que foi construída no local. A capela foi dedicada a São Bento, protetor da água Canção Nova.

O sacerdote da Comunidade Canção Nova padre Bruno Costa conta que o nome foi escolhido por ser um santo que faz parte da história da Canção Nova.

“A fonte da Água Canção Nova está dentro de uma fazenda, que logo foi chamada de Fazenda São Bento. Daí, a importância do nome da capela, porque alguns santos fazem parte da história da CN, e com São Bento não foi diferente”, disse padre Bruno.

O sacerdote ainda destacou a importância de todos os departamentos e locais da Fundação São João Paulo II terem uma capela, porque a Canção Nova é uma comunidade de amor e adoração, e isso é transmitido aos missionários e colaboradores todos os dias.

“Nosso fundador, monsenhor Jonas Abib, diz que ‘quem não adorar não vai aguentar’. A Chácara Santa Cruz, sede da comunidade, é conhecida como um território eucarístico; com isso, é de fundamental importância uma capela na mineradora, para que, cada vez mais, toda a Canção Nova experimente essa graça da presença de Jesus no Santíssimo Sacramento”, afirmou.

Água Canção Nova

A Água Canção Nova é captada da Fonte São Bento, de um aquífero cristalino, entre as Serras do Mar e da Mantiqueira. A captação é realizada a partir de um poço tubular perfurado com 136 metros de profundidade, garantindo uma água com o pH alcalino, cristalina e com propriedades físico-químicas específicas.

Além de todas as características únicas que a Água Canção Nova possui, ela é mais uma fonte de manutenção para a Comunidade Canção Nova.

↑ topo